Fazer álcool gel para Coronavírus

Talvez hoje um dos produtos mais procurados em farmácias e supermercados é o “Famoso Álcool gel”, isto devido a transmissão de diversos vírus das gripes, como da gripe H1N1, e agora devido a “circulação do Coronavírus”

Mas alguns questionam porque usar o álcool em gel? Ou se o álcool em gel é eficaz na proteção do coronavírus ou dos diversos vírus transmissores de várias formas de gripe? Vamos falar disso brevemente logo abaixo.

Porque o álcool gel é eficaz contra coronavírus ou contra vírus de gripes?

  • O Álcool em gel é eficaz porque quando é aplicado nas mãos limpam e higienizam, assim protegendo contra diversas doenças causadas por microrganismos. Porém para uma melhor eficácia, o Álcool tem que estar a 70%, pois acima de 70 ele evapora muito rápido e não consegue matar os vírus.
  • O álcool age se sobre bactérias vegetativas, vírus e fungos, sendo a higienização equivalente e até superior à lavagem de mãos com sabão comum.
  • Tanto que a ANVISA nos informa que a Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu uma orientação sobre a eficácia da utilização de álcool gel como medida preventiva e mitigatória ao Covid-19, tanto nos setores da saúde quanto para a comunidade em geral.

O Álcool em gel está tendo tanta procura que corremos o risco do produto sumir das prateleiras das farmácias e supermercados. Tanto que em todos os locais públicos e empresas privadas ou onde existem muita aglomeração de pessoas encontramos o álcool em gel. Por exemplo vemos o Álcool gel em consultórios médicos, hospitais, escolas, shoppings e locais onde há circulação de muitas pessoas e o contágio pode ser maior.

Bem, visto que corremos o risco de ficarmos sem o álcool em gel, vamos abaixo deixar duas receitas de como fazer álcool em gel para proteger sua vida e a vida de sua família contra esses vírus ameaçadores.

Veja como fazer álcool gel para coronavírus

Para fazer 5 kg de Álcool gel você vai precisar de:

  • 3787 gramas de Álcool etílico 96
  • 1139 gramas de Água potável
  • 50 gramas de Propilenoglicol
  • Quantidade suficiente de Amino metil propanol (AMP 95)
  • 25 gramas de Carbopol 940

Passo a passo para fazer o álcool gel:

  1. Em uma vasilha limpa adicione o Álcool etílico 96, a Água deionizada e o Propilenoglicol e misture bem até homogeneizar.
  2. Mexendo sem parar adicione o Carbopol 940 e mantenha a agitação até que não fique nenhum grumo. Se ficar grumos você pode fechar o recipiente e deixar em repouso por algumas horas e voltar a agitar para dissolver completamente os grumos.
  3. Depois de eliminar todos os grumos comece adicionar aos poucos o Amino metil propanol (AMP 95), adicione um pouco  e confira o pH com uma fita indicadora de pH.
  4. Se não atingiu o pH correto, coloque mais um pouquinho de AMP e misture conferindo novamente o pH  até chegar no pH entre as faixas de 7,0 a 7,5.
  5. Misture para homogeneizar todas as matérias primas do Álcool em gel.
  6. Envase em frascos apropriados para Álcool em gel.
  7. Identifique as embalagens com nome e data de fabricação.
  8. Armazene em temperatura ambiente longe de fontes de calor e longe do fogo.
  9. Armazene fora do alcance de crianças e animais.

Outra receita de álcool em gel utilizando álcool 70 comprado em supermercados:

  • 1000 ml de Álcool 70% 
  • 5 gramas de Carbopol 940
  • Quantidade suficiente de Trietanolamina

Técnica para fabricar álcool gel:

  1. Em um recipiente limpo coloque o Álcool 70% e misturando sem parar vá adicionando aos poucos o Carbopol 940.
  2. Mantenha a agitação até total dissolução do Carbopol e até que não encontre mais nenhum grumo na solução.
  3. Se por acaso depois de misturar bem ficar ainda algum grumo, então você  pode tampar o recipiente e deixar em repouso por até 12 horas até a eliminação dos grumos.
  4. Após a eliminação dos grumos adicione aos poucos e com agitação a Trietanolamina e confira o pH como uma fita indicadora de pH.
  5. O pH deve ficar entre as faixas de 6,0 a 7,0.
  6. Após o acerto do pH, misture bem até homogeneizar completamente todos os componentes o álcool em gel.
  7. Envase em frascos plásticos apropriados para álcool em gel.
  8. Identifique as embalagens com nome e data de fabricação.
  9. Armazene em temperatura ambiente longe de fontes de calor e longe do fogo.
  10. Armazene fora do alcance de crianças e animais

Quer uma receita de sabonete antisséptico? Clique aqui!

16 comentários em “Fazer álcool gel para Coronavírus”

    • É isso mesmo Paulo, hoje mesmo tentamos encontrar Carbopol em um local que sempre encontro e nada, não estamos encontrando em nenhum lugar.
      Valeu e vamos esperar que essa pandemia do Coronavírus seja controlada logo.
      Abração!

      Responder
    • Oi amigo é melhor usar o Carbopol mesmo, O CMC costuma deixar resíduos e é meio pegajoso, e também o CMC é insolúvel em álcool, desse modo não é adequado para gel com grande concentração de álcool.Também tem gente fazendo o álcool em gel com gelatina, mas relatos de especialistas não aconselham. Então recomendamos o uso do carbopol! Abração!

      Responder
    • Olá Marcia, olha o espessante ideal para fazer álcool gel é o polímero Carbopol. Quanto a fazer o álcool gel com álcool de cereais, pode sim, só que ele é mais caro do que o álcool comum.
      Abração!

      Responder
    • Oi bom dia, aqui no Brasil geralmente o Carbopol é importado de fabricantes da China, India e também dos E.U.A, não sei se tem algum fabricante aqui no Brasil, acho que só distribuidores.
      Abração!

      Responder
    • Boa tarde, para não ficar com cheiro forte você pode adicionar um pouquinho de essência, peça na casa de essências uma essência compatível para álcool em gel.
      Abração!

      Responder
    • Boa tarde Antonio Carlos, olha o álcool de posto não é recomendado, o álcool de posto tem outras matérias primas que podem ser perigosas, como metanol e alguns hidrocarbonetos podendo causar irritação na pele e mucosas.
      Abração!

      Responder
      • Oi boa tarde, pode sim! A Glicerina vai ajudar a hidratar a pele e evitar o ressecamento devido o uso do álcool. A única desvantagem é que o álcool de cereais é mais caro que o álcool comum e você vai precisar transformar o álcool de cereais em álcool 70%.
        Abração

        Responder
    • Olá Inês, sim o álcool de cereais com glicerina pode ser usado, mas geralmente o álcool de cerais vem na graduação de 93,7 a 96,9 e você precisa transformar esse álcool em 70%.
      Abração!

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.